nhoque ou gnocchi da fortuna e riqueza! “ultimate guide”

Nhoque ou Gnocchi, não podem faltar neste dia 29!

nhoque ou gnocchi of fortune

Prato clássico da culinária italiana, segundo os livros e relatos, remetem a esta massa como uma das primeiras a ser realizada pela culinária italiana, sua base leva batatas cozidas e amassadas com farinha de trigo e ovos. Depois de levemente “sovada”, é formatada em cilindros e cortada em pedaços menores, que posteriormente são cozidos em água fervente e sal.

Em suas primeiras versões, eram realizadas com semolina de trigo, à partir de 1700 d.C, com a divulgação da batata, tubérculo trazido pelas grandes navegações, que posteriormente passa a ser divulgada e cultivada na Europa, que o nhoque passa a ser preparado com batatas, e por fim torna-se a base utilizada até os dias da atualidade.

É uma massa que permite uma série de variações, podem ser utilizados diversos ingredientes em sua preparação como: abóbora, polenta, espinafre, cenoura, pão, ricota e vários outros. Dois deles são os mais tradicionais: o Gnocchi alla Romana, feito com semolina de trigo, e o alla Toscana, feito com polenta cozida e queijo.

Segundo o ditado popular, para trazer fortuna e riqueza, é tradição comer Gnocchi com uma nota de dinheiro debaixo do prato todo dia 29 de cada mês.

Ingredientes da Massa:

400g de batata, aproximadamente duas batatas grandes
500g de farinha de trigo
1 ovo
20g de manteiga

Modo de preparo:

1. Descasque as batatas (se assim preferir), particularmente utilizo as cascas nas receitas como fonte de fibras. Leve ao fogo para cozinhar por 20 minutos até que estejam bem macias. Utilize um espremedor de batatas ou com o auxílio de um garfo pode amassá-las até formar um puré, deixe esfriar.

amassando o nhoque ou gnocchi

2. Em uma tigela grande misture o purê, a manteiga e o ovo. E vá adicionando a farinha e trabalhando esta massa até que ela começe a soltar da mão, dica: se adicionar farinha demais a massa ficará dura. Então o resultado é uma massa que solte da mão, mas que ainda grude um pouco.

fazendo cilindros com a massa de nhoque ou gnocchi

3. Enfarinhe a superfície onde você irá utilizar para formatar a massa, retire pequenos pedaços e vá começando fazer cilindros, e tente deixá-los (diâmetro), menor possível, como a espessura do dedo mindinho, depois faça cortes de 1 à 2cm, sempre enfarinhando para que eles não grudem entre si, se preferir poderá utilizar o garfo para achatar e dar um detalhe no gnocchi, particularmente não faço isso, pois acaba tomando mais tempo que o necessário.

cortando a massa de nhoque ou gnocchi

nhoque ou gnocchi antes de serem cozidos

4. Em uma panela média ou grande (quanto maior melhor), coloque bastante água pra ferver, quando ela atingir a fervura vá adicionando os gnocchis, a medida que eles vão ficando cozido vão subindo a superfície da água, mas no geral o tempo é de 3min em água fervente. Retire eles da água com uma escumadeira ou uma peneira com cabo, e poderá dar uma esfriada jogando água fria e reservar com um pouco de óleo para não grudarem.  Dica: se você retira eles quente e não faz o esfriamento em água fria “corrente” eles tendem a grudar e continuar cozinhando. Particularmente, retiro eles e vou esfriando, depois coloco um fio de óleo para eles ficarem separados entre si.

cozinhando nhoque ou gnocchi

Para acompanhar esta deliciosa massa, existem várias combinações e tipos de molhos pra todos os gostos. Para este post vou realizar meu preparo caseiro com frango refogado com molho de tomate. A moda do Chef aqui de casa, 😀

Frango com molho de tomate a moda do Chef aqui de Casa!

Ingredientes:

2 coxas e 2 sobrecoxas de frango cortadas pela metade

1/2 cebola grande em cubos pequenos

3 à 4 dentes de alho picados

3 tomates maduros ou 1 sachê de 180ml de molho de tomate, se utilizar os dois, pode fazer usando a metade de cada, ou pode fazer só com tomates. Vai pela praticidade e o que tiver disponível.

uma colher de sopa de óleo para começar frigir o frango.

Modo de preparo:

1.Corte as coxas e sobrecoxas em duas partes, corte cebolas em cubos e pique o alho.

2. Comece frigindo bem o frango em uma panela ou frigideira, de preferência teflon, ou uma panela curtida para que o frango não fique grudando e se despedaçando, sempre deixe esquentar bem a panela/frigideira antes de colocar o frango, se ela perder calor neste processo não conseguirá obter um dourado e uma aparência boa. Adicione sal nos dois lados quando for virando os pedaços.

3. Depois que o frango estiver dourado, afaste os pedaços para a borda da panela formando um espaço em forma de círculo no centro da panela, após isso e neste espaço, começará a refogar cebola, depois alho, e por fim o tomate ou molho de tomate. O segredo é que refogue bem, por isso vá mexendo com cuidado para o molho ficar mais espesso e encorpado, acertando o sal antes de terminá-lo. Não esqueça que o frango já possui um pouco de sal, então tome cuidado para não salgar demais.

Este molho é um refogado modesto, trago de casa esta receita e hoje estou dividindo com vocês, o resultado é um sabor e aroma incrível e simples. Pode utilizar de ervas e temperos que preferir, cebolinha cai muito bem, sempre!

Na imagem final, não haviam ervas aromáticas para dar aquele toque especial nas fotos, e elas ficaram bem simples mesmo, então não tem como errar!

Este frango refogado serve para acompanhar massas diversas, inclusive o nhoque!

Bon Apetit!

 

COMENTÁRIOS


    DEIXE O SEU COMENTÁRIO


    Deixe o seu comentário

    Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

    Banner 5


    POSTS


    Banner 336x280

    Banner Mobile 300x250

    Banner 300x600 2

    jpg 300 x 250

    Close