indígenas são responsáveis por proteger 80% da biodiversidade

indígenas são responsáveis por proteger 80% da biodiversidade

Os povos indígenas seguem dependendo dos recursos florestais para sua sobrevivência, especialmente a caça e a coleta de plantas silvestres.

Um grupo de investigadores da Universidade Autônoma de Barcelona se questionaram sobre as práticas indígenas atuais referente ao uso das florestas e sua biodiversidade, em um mundo preocupado com os efeitos do aquecimento global.

Para responder tais questões, estes estudantes passaram a conviver por um ano e meio com três grupos nativos em: Borneo, Bacia do Congo e Amazônia.

Durante este estudo, encarregaram-se de analizar as rotinas, práticas sociais e as formas de interagirem com o meio ambiente. Foi assim que os investigadores se deram conta que, embora os povos indígenas enfrentem mudanças culturais e econômicas que ameaçam sua relação com o meio ambiente, existem métodos importantes para a conservação da biodiversidade; como está compartilhado no texto abaixo:

Nas políticas de conservação de florestas tropicais é necessário incorporar cultura local a partir de uma abordagem biocultural; ou seja, criar parcerias com as populações indígenas, que possuem as ferramentas e o conhecimento para enfrentar os desafios do meio ambiente.

Essencial informar e promover o reconhecimento dos direitos humanos nas comunidades indígenas; tais como: o direito à autodeterminação, igualdade de gênero, bem-estar e desenvolvimento integral como um povo, de acordo com a identidade, tradição e costumes que pertecem a cada aldeia, que o estado reconheça plenamente sua personalidade júridica respeitando as formas de organização e promover o pleno exercício dos direitos, para manter, expressar e desenvolver a sua identidade cultural, para ser livre de racismo, discriminação racial, a xenofobia, outras formas de intolerância, à sua própria identidade e integridade cultural e do patrimônio cultural, a autonomia ou auto-governo em matéria de assuntos internos, o isolamento involuntário vivendo livremente e de acordo com suas culturas, para desfrutar de todos os direitos e garantias que são reconhecidos pela legislação nacional de trabalho e direito internacional do trabalho, e finalmente, às terras, territórios e recursos que tenham possuído tradicionalmente ou adquirido.

É crucial promover a transmição de conhecimento ambiental entre gerações e assim evitar que as pessoas perdam a consciência das mudanças que acontecem no ecosistema.

Atualmente os povos nativos protegem em seu território cerca de 80% da biodiversidade do planeta, mas eles são proprietários legais de somente 11% dessas terras. Na verdade, os povos indígenas continuam dependentes de recursos florestais para sua sobrevivência, especialmente a caça e a coleta de plantas silvestres.

Se trata de um conhecimento único sobre o meio ambiente que está sendo desperdiçado, denegrido e desprezado. Assim reconhecer as violações dos direitos humanos contra os povos indígenas, incluindo assassinatos e abusos contra ativistas, é apenas os primeiros passos para cuidar não só do patrimônio dessas comunidades, também o bem-estar de nosso planeta e sua biodiversidade. Valeria a pena adotar algumas destas práticas em nosso estilo de vida moderno.

Fonte:

Pueblos indígenas protegen el 80 por ciento de la biodiversidad del planeta

COMENTÁRIOS


DEIXE O SEU COMENTÁRIO


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: